Lauro de Freitas: Prefeitura reduz remuneração de servidores durante crise da Covid-19


A prefeitura de Lauro de Freitas reduziu, a partir deste mês de maio, a remuneração de todos os servidores municipais, com cortes na gratificação, no auxílio alimentação e no transporte. A medida atingiu inclusive profissionais de saúde, que estão em regime normal de trabalho, na linha de frente do combate à pandemia da Covid-19.

O corte foi colocado como uma possibilidade no último dia 29 de abril, pela prefeita Moema Gramacho (PT), em entrevista coletiva realizada através das redes sociais. “Nós tivemos uma redução nas verbas muito grande em abril, em um valor maior do que esperávamos. Com isso, está faltando dinheiro e então vamos precisar diminuir um pouco, para que ninguém fique sem”, justificou a gestora na “live”.

No pagamento realizado nesta sexta-feira (8), a redução já foi aplicada, segundo informa o presidente do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 7ª Região (Crefito-7), Gustavo Vieira. “Ela (Moema) não convocou os sindicatos para dialogar. Foi uma decisão unilateral da gestão. A alegação é pela queda de arrecadação. Mas parece se esquecer que os profissionais da saúde estão na linha de frente do combate à Covid-19”, protestou.

Segundo Gustavo, que também é secretário do Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Estado da Bahia (Sinfito-BA), a redução alcança até 20% da remuneração total dos servidores municipais.

Na última quarta-feira (6), a Câmara Municipal de Lauro de Freitas aprovou, em comum acordo com a prefeitura, a redução, também em 20%, dos salários da prefeita, seus secretários, vereadores, procurador-geral, controlador-geral, superintendentes,  subprocuradores, procuradores fiscais, coordenadores executivos e coordenadores gerais. A medida é temporária e vale enquanto durar a emergência de saúde pública.

O Bahia Notícias entrou em contato com a prefeitura de Lauro de Freitas, através da sua assessoria. Entretanto, não recebeu nenhuma resposta até a publicação desta reportagem. O canal do BN segue aberto para a comunicação da gestão municipal com os laurofreitenses.

Fonte: bahianoticias